Agronegócio – Confira dicas a respeito do investimento

Publicidade

Saber investir em agronegócio cria oportunidades imensas. Isso está bem explícito no percentual que o setor tem no Produto Interno Bruto (PIB) do país. Para se ter uma ideia, essa quantidade chega a quase um terço do PIB. Além disso, novos negócios estão cada vez mais brotando a partir desse âmbito da economia, tão importante para todo o Brasil. Por exemplo, os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) tem crescido com uma força surpreendente.

Não somente essa área do setor financeiro, mas também algumas empresas estão com projetos de investimento já prontos para conseguir mais lucros no setor. Por isso, surgem muitos tipos de oferta inicial pública, também conhecidas como inital public offering ou, ainda, IPO. Portanto, as pessoas podem contar com diversos parceiros e fortes lucros no setor, que tende a fornecer mais lucros para economia como um todo. Somado a isso, há uma forma de crescer do agronegócio, também.

Publicidade

Então, você pode estar se perguntando: “como a geração de lucros pode vir do agronegócio como uma área do mercado de finanças?”. O que pode atender a essa questão é questão básica para qualquer investimento em negócios. Isso mesmo que você está pensando, o dinheiro! Embora haja o controle para p plantio, a colheita, o cuidado com os animais, entre outros, há também a carência pelos recursos. Veja como o setor pode oferecer um novo patamar de investimentos para você neste artigo. Boa leitura!

Agronegócio (imagem Google)

Saiba como iniciar investimentos no agronegócio

Saber plantar e gerar um bom volume de produtos e de alimentos a partir da terra não é simples. Envolve saber dos riscos e saber como o clima vai estar em vários momentos, além de ter ver quando vão aparecer secas, inundações, ou até o surgimento de pragas. Mesmo assim, não há uma garantia de que isso vai estar bem acessível a quem é dono de um negócio no ramo fazendeiro.

Assim, ao investir no agronegócio, o que se procura é enfrentar o risco. Ou seja, como se diz no linguajar popular, “pegar o touro pelos chifres”. Por isso, para poder colocar os recursos no setor as pessoas precisam de muitos planos de ação e, sobretudo, de estratégia também. Uma saída que tem ficado em evidência é a contratação de um seguro rural. Ou seja, ter investimento em seguradoras, que fazem esse tipo de serviço, leva a ter mais benefícios para as pessoas que querem gerar mais dinheiro em um ramo tão promissor.

Contudo, reflita que uma pessoa investidora possua uma quantidade de investimentos e todos eles com foco em ativos de agro, uma vez que sua escolha tem conformidade com um indicador. Ou seja, foi uma opção de benchmark para lhe nortear ao que ele optou por colocar como aporte financeiro na carteira. Sendo assim, a presença dessas pessoas no mercado financeiro que estudam a respeito do ramo de agronegócios.

A partir dela, há a possibilidade de vislumbrar como as aplicações de investimentos terão efeitos advindos da benchmark junto delas. É habitual ver investidores realizando análises de ações mais negociadas e alguns fundos que possuem a tendência de render mais para pessoas que investiram nelas. A bolsa do brasil B3 e a Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais são as que vem mais calculando esses índices.

Publicidade

Como o crédito pode gerar mais lucros para quem quer investir no setor primário?

A simplicidade do investimento em agronegócios não é a mesma de se comprar um pão. Mas os preços de safras, por exemplo, estão dispostos para que você veja o melhor para a sua carteira de investimentos e opte pelo que for mais apropriado. Uma opção é alocar recursos em futuro de investimentos no primeiro setor, que tem a operação realizada a longo prazo. Nessa modalidade, as pessoas ficam atentas ao preço de entrada e à demanda pelos recursos a serem investidos.

Existem mais opções que podem dar mais segurança nos investimentos com agronegócio. Uma delas são os Exchange Trade Funds (ETF). Esses fundos estão, em certos momentos, ligados a índices que têm relação com as fazendas em geral, por exemplo. O investimento em ações no geral também é muito viável. Por isso, conte com investimentos alocados em empresas do setor de alimentos e, claro, de plantações.

O que é necessário  para investir no setor de alimentos e de matéria-prima?

O risco, como você já viu, é intenso. Com pesquisas e mais conhecimento de mercado, pessoas com perfil arrojado consegue enfrentar o clima de incerteza com mais calma. Ou seja, você precisa se tornar alguém bem versado em economia antes de decidir colocar recursos financeiros no agronegócio.

Mas, existem oportunidades. O setor é um dos mais importantes na economia do Brasil, assim as chances de lucro sempre estão com muitas formas de trazer renda para as pessoas.

Veja mais sobre investimentos em nossos artigos pertencentes a categoria dicas e finanças.