Financiamento de Veículos Sem Entrada

PUBLICIDADE

Neste artigo, você vai obter informações atualizadas do mercado de automóveis, vamos mostrar como funciona o financiamento de veículos sem entrada.

Existem muitos planos que compõem os financiamentos de veículos no mercado. Aliás, com o passar do tempo, ele se tornou um dos principais meios de negócios para aqueles que desejam comprar um carro.

PUBLICIDADE

O financiamento de veículos proporciona aos clientes a compra de um veículo na hora. Diferente do consórcio, onde os participantes vão pagando as parcelas até a quitação ou a contemplação do veículo.


No entanto, atualmente também é possível fazer um financiamento de veículos sem entrada. Portanto, o site Hiper Curioso vai mostrar nesse texto os detalhes que fazem parte desse plano de crédito para veículos.

 

Como Funciona o Financiamento de Veículos Sem Entrada

Na maioria das vezes, as pessoas que financiam um veículo dão um valor em dinheiro como entrada. Na verdade, essa é a melhor estratégia e por várias razões como por exemplo:


  • A economia nas parcelas.
  • A economia com juros e taxa.

No entanto, existe também a possibilidade de fazer um financiamento de veículos sem entrada. Onde o cliente já sai com o veículos na hora sem dar nenhum valor inicial em dinheiro.

O parcelamento nesse plano também é variado, onde os clientes podem fazer um financiamento de veículos em até 60 meses.

O financiamento de veículos sem entrada é muito usado por pessoas que tem condições de pagar as parcelas com tranquilidade e necessitam do veículo com urgência. Ou seja, não podem mais esperar e então compram seu carro.

 

Como Fazer um Financiamento de Veículos sem Entrada

Para fazer um financiamento de veículos, é necessário apresentar as seguintes condições:

1 – Ter no mínimo 18 anos de idade.

2 – Apresentar o CPF – Cadastro de Pessoas Físicas.

3 – Apresentar o RG – Registro Geral.

4 – Comprovante de residência fixa e atualizada.

5 – Comprovante de renda fixa e atualizada.

6 – Telefone para contato.

7 – Não ter nenhum tipo de restrição em seu nome junto aos órgãos de proteção ao crédito como SPC e SERASA por exemplo.

8 – As parcelas do financiamento de veículos não podem comprometer mais do que 30% da sua renda fixa bruta.

Além disso, o cliente deve ter em sã consciência que um veículo não gasta somente as parcelas que fazem parte do pagamento enquanto durar o financiamento.

Isso porque o veiculo vai consumir combustível e todas as partes que envolvem a manutenção mecânica e elétrica.

Alem disso tem também a documentação como o IPVA e Licenciamento de veículos que todos os anos devem ser pagos corretamente para que o veículo tenha plenas condições de uso em seu dia a dia.

 

Vale a Pena Fazer um Financiamento de Veículos Sem Entrada?

Antes de fazer um financiamento de veículos, é necessário que o cliente tenha o conhecimento de vários detalhes que fazem parte do negócio, por exemplo:

Calcular as taxas de juros que compõem o crédito para veículos.

Ter o conhecimento de que uma parte do seu orçamento mensal será comprometido durante alguns anos.

Ter condições de pagar as parcelas do financiamento em dia. Caso não pagar, o veículo será apreendido e o cliente pode até perder o veículo.

Ter condições de manter o carro em boa manutenção para seu uso no dia a dia. Ou seja, são vários detalhes que compõem o financiamento de veículos.

No Financiamento de veículos sem entrada, o cliente vai pagar mais juros do quem em um plano com entrada em dinheiro. Portanto, é bom ter totais condições de comprar um carro financiado sem entrada.


Sendo assim, desejamos que você encontre um bom veículo para fazer negócio que vai valer a pena mesmo sendo num plano sem entrada, boa sorte!